Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Visitantes

5 melhores Cronistas do Brasil

sexta-feira, 17 de março de 2017

Ah como eu gosto de Crônicas, se você já me acompanha aqui no Blog já deve ter percebido isso. Gosto de ler assim como gosto de escrevê-las. Existem Crônicas que relatam um momento e o assunto é dissecado de uma maneira bem divertida. Um outro estilo de Crônicas são aquelas pequenas histórias que retratam um momento, um recorte da vida. Aqui vou listar os meu 
Cronistas brasileiros favoritos:

1-) Rubem Alves


Se eu pudesse escolher uma pessoa para sentar e conversar em uma tarde seria esse homem. A forma que ele escrevia era uma forma leve e tranquila, que trazia leveza para a alma. Rubem Alves era teólogo, Psiquiatra e Educador. Um homem que através de suas cronicas mostrava que a vida era boa de mais e deveríamos vive-la com muita alegria. O meu livro favorito dele é "Se eu pudesse viver a minha vida novamente" e "Ostra feliz não faz pérolas". Merece ser lido sempre.

2-) Antonio Prata


Esse é um cara bastante ativo de nossos tempos, que tem como principal fonte a coluna da Folha, onde a cada semana Antonio nos apresenta um cronica muito boa para nos divertir e mostrar fatos do cotidiano. Antonio Prata nos traz o cotidiano como um momento igual para todo mundo, onde a cada cronica vemos situações em que nós mesmos passamos e então rimos por ver tudo tão bem mostrado através da escrita. Bons livros escritos por ele são "Nu de botas" e também "Trinta e poucos", uma coleção de suas cronicas escritas na Folha.

3-) Rob Gordon


Ele não é tão conhecido da grande mídia, mas os seus textos me encantam, pois ao ler seus textos é passado uma visão de que escrever é tão fácil, que da vontade de pegar uma caneta ou o computador e sair escrevendo. Rob escreve tanto cronicas do cotidiano como recortes de momentos da vida, e tudo de forma muito divertida e próxima das nossas vidas. Rob Gordon também escreve contos como "O dia em que a inspiração apareceu" e é roteirista da HQ "Terapia".

4-) Luis Fernando Veríssimo


Veríssimo dispensa apresentações, ele é uma lenda das cronicas, com histórias muito divertidas e simples de se ler, boas para passar o tempo e fácil de querer mostrar para outras pessoas. Eu confesso que dei muita risada com o livro clássico "O Analista de Bagé", além de suas obras muito famosas como "Comédia da vida privada" e "Amor Veríssimo".  Ele também escreve suas colunas nos jornais Globo e Estadão.

5-) Fernando Sabino


O bom Sabino é leitura obrigatória para todos que querem escrever uma boa cronica, pois sem dúvidas ele é sensacional, com cronicas curtas e muito bem escritas. Foi o primeiro cronista que li e logo busquei outros livros dele para ler e conhecer melhor. "A mulher do vizinho" é uma ótima coleção de cronicas para ler, assim como "O menino do espelho" para viajarmos até a infância de Sabino e ver como ele vivia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

Most Reading