Minha lista de blogs

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Visitantes

O trem nosso de cada dia

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Ir pro trabalho hoje foi demais! Uma verdadeira delicia, eu diria! Pegar trem e metrô pra ir ao trabalho é uma experiência nova a cada dia, não há mesmice. E digo mais, é um misto de emoções, cheiros e odores também! Tem gente bonita e cheirosa pela manhã, mas também tem aqueles que suam e fedem logo cedo! Hoje eu dei uma de esperto na hora de pagar o trem, atravessei e fui pra plataforma do meio uma vez que notei que todo mundo desce pela esquerda fui pro outro lado! Entrei no trem sem maiores dificuldades. Mas eu não sabia o que me esperava no metrô. Chegando tive uma visão, pensei que fosse uma visão espiritual do caldeirão do CAPIROTO. Tinha muita gente. Pra terem noção de como estava cheio chegou uma hora em que eu queria coçar a boca e não tinha como levantar o braço. Detalhe: eu nem tinha entrado no trem, eu ainda estava na plataforma.


Aí passou um trem do metrô e não conseguir embarcar, claro! No segundo também, no terceiro sim! Sabe quando uma pessoa está espremendo um furúnculo com toda a força até sair toda aquela sujeira? Então, fizeram isso comigo só que pra dentro do vagão. Fui jogado pra dentro com tanta força e rapidez que tive que dar um salto para não cair de cara no chão porque se eu quisesse dar um passo de cada vez não ia dar certo. Dentro do vagão fiquei perto daquele ferro que todo mundo segura, tinha um cara de vermelho ao meu lado, tinha tanta gente que eu fiquei com a cara praticamente dentro do sovaco dele.

Eu estava agoniado! Como se isso não bastasse, conforme o trem acelerava o pessoal soltava todo o peso, e eu tinha que agüentar o peso da galera pra não entrar de cara no sovaco alheio e também para não ser espremido com a crave o peito no ferro de apoio nos vagões! Quando será que isso vai acabar?

Escrito por: Cléber Cavalcante

 

Blogger news

Blogroll

Most Reading