Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Visitantes

Menina de ouro

domingo, 4 de janeiro de 2015

Um filme muito bonito sobre perseverança e superação de problemas. Clint Eastwood nos entrega um filme muito bonito e com muito coração, nos levando a nos questionar em diversos aspectos. Frank é um velho treinador de boxe que acaba sendo convencido pela garota Maggie a treiná-la para que ela possa vir a ser uma campeã de boxe. Morgan Freeman faz um papel de narrador da historia enquanto acompanha tudo de perto. No final entendemos que a narração não é para nós, mas sim para a filha de Frank que não tem contato com o pai. Sem duvidas as atuações dos atores são excelentes, com um show de Hilary Swank, onde vemos uma transformação de Hilary Swank, se tornando máscula e com um coração muito bondoso. Clint Eastwood se mostra firme na sua atuação.


Apesar de ser um filme de boxe, o esporte é apenas um pano de fundo para a trama, pois o roteiro nos traz temas muito mais profundos. Maggie é uma mulher que apanhou muito da vida, o que nos faz lembrar do filme Rocky. Quando o drama entra em cena de forma surpreendente somos levados a diversas questões médicas e pessoais sobre o que é a vida, sobre até que ponto vale a pena continuar vivendo. É nesses momentos que Clint Eastwood e Hilary Swank arrebentam nas atuações. A família de Maggie é mostrada como um bando de interesseiros que só querem o dinheiro da filha, mostrando como o ser humano pode ser sujo e egoísta. Vemos um relacionamento muito bonito como se fosse pai e filha, e Maggie a cada luta nocauteia seus adversários assim como nocauteou os problemas da vida. A maquiagem do filme também é perfeita, trazendo angustia ao expectador nas cenas de luta e sofrimento. Menina de ouro é profundo, é dramático e muito bonito, um belo quadro pintado por Clint Eastwood.

Nota: 5

OBS: As notas são de 0 a 5.

 

Blogger news

Blogroll

Most Reading