Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Visitantes

P.A Entrevista #21 - Gabriela Gasparin

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Você sabe qual é o sentido da vida? Já parou para pensar sobre essa questão? Pois é, com essa pergunta na cabeça Gabriela começou um Blog com esse tema, onde ela começou a perguntar para as pessoas qual seria o sentido da vida, e o resultado foram respostas das mais variadas. Então vamos conhecer melhor Gabriela Gasparin e sua visão sobre o sentido da vida.


1-) Como surgiu o desejo por descobrir qual o sentido da vida?
Eu vivia uma vida no "automático" na época. Sempre fui bastante questionadora e eu me sentia desconectada do mundo ao meu redor. Eu trabalhava como Repórter na grande imprensa fazia anos, e tinha estabilidade no trabalho. Tinha meu carro a alguns anos e já tinha até comprado um apartamento(que eu pagaria por anos). Fazia cursos, viajava todo ano para o exterior. Ou seja, eu tinha conquistado uma vida que teoricamente é o que nos ensinam a conquistar quando somos mais novos. Ao menos foi essa educação que eu tive e vi na imprensa, na televisão, etc. Ma internamente eu perguntava: e agora, a vida é só isso? Trabalhar muito, gastar o dinheiro nas férias, comprar uma casa, sair aos finais de semana. Algo me faltava, eu sentia um vazio apesar de todas essas atividades. Então comecei uma busca para entender o que é a vida, afinal. E foi assim que resolvi fazer o Blog, eu pensava: será que só eu penso nisso? Será que as pessoas estão satisfeitas com a vida delas? Qual deve ser o sentido da vida para os outros? Resolvi perguntar.

2-) Na sua opinião o que é uma vida bem vivida?
Hoje eu diria que é uma vida na qual nós sabemos "por que fazemos o que fazemos". Esse é o titulo de um livro do filósofo Mario Sergio Cortella. Ele no livro diz que uma vida com propósito é aquela na qual a gente tem consciência do motivo pelo qual nos movemos diariamente. Ou seja, para mim numa vida bem vivida eu não desperdiço meu tempo fazendo coisas que não vão me levar onde eu quero chegar. É uma vida com ação consciente. Por mais que eu precise em uma fase trabalhar em algo que eu não gosto, ou fazer uma coisa que é custosa, eu preciso ter consciência e saber que estou fazendo aquilo por um motivo especifico, para um fim. Para isso é importante primeiro saber, o que quero da minha vida? Para onde estou indo? Para onde eu quero chegar? Uma vida bem vivida é aquela em que fazemos o que esta ao nosso alcance para encontrar esse objetivo, não necessariamente atingi-lo, mas viver para ele.

3-) Por que existe tantas definições para o sentido da vida?
Porque não existe uma resposta pronta ou única. Somos mais de 7 bilhões de habitantes no mundo, o que significa que existem provavelmente 7 bilhões de sentidos para a vida. Cada um pensa ou diz aquilo que vem a mente, que necessita para si. Apesar disso, no amplo, o sentido da vida é parecido para as pessoas. Eu entrevistei mais de 100 pessoas e consegui "agrupar" as respostas em temas parecidos, que são: amor, aproveitar e curtir, Deus, família, evoluir, sonhar e trabalhar. Ou seja, mais ou menos são essas coisas que dão sentido para a vida das pessoas.É claro que foi uma pesquisa empírica, mas de uma forma geral a maioria quer essas coisas.

4-) O que você mais aprendeu enquanto entrevistava as pessoas sobre esse tema?
Que não importa a classe social ou a origem, somos muito parecidos no que diz respeito ao que queremos da vida de uma forma mais ampla. Quando eu perguntava qual o sentido da vida, as pessoas quase sempre falavam o mesmo: é estar com a família, é fazer o que a gente gosta, é aproveitar as coisas mais simples, é sonhar e realizar os sonhos. Aprendi também que não podemos julgar as pessoas pelos "rótulo"(o que é fácil falar, mas difícil cumprir). Conversei com muitas pessoas que não conversaria se não fosse o projeto e ouvi histórias tocantes, ideias surpreendentes. Então acho que o projeto me deixou um pouco mais sensível e próxima das pessoas como um todo.

5-) Para você, qual o sentido da vida?
Hoje eu diria que só vivendo para saber. E explico o que isso quer dizer. Foi vivendo que eu aprendi que não basta apenas refletir sobre o sentido da vida se as reflexões não forem colocadas em prática. Se para uma pessoa por exemplo, o sentido da vida é evoluir, ela só vai estar vivendo com sentido se ela estiver buscando, observando e realizando essa evolução diariamente. O sentido da vida para mim hoje é justamente descobrir a cada dia o que me move, o que me inspira, e conseguir tomar atitudes efetivas para transformá-las em realizações reais. É conhecer-se para realizar-se como ser humano. E essa realização nada tem a ver com dinheiro, status, fama, poder. Dessa forma, de uma forma resumida, o sentido da vida para mim é viver conscientemente e se realizar como ser humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

Most Reading