Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Visitantes

P.A Entrevista #10 - Alexandre Maron

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Nesta semana a entrevista é com Alexandre Maron, um dos pioneiros na internet no Brasil, quando participava do famoso Podcast RadarPop. Alexandre é jornalista formado na Universidade federeal do Rio de Janeiro e é mestre em Media Management, estudando no Reino Unido. Alexandre é o criador do Podcast Zing, onde fala sobre cultura pop de forma muito profunda.


1-) O quanto a cultura pop evoluiu nos últimos 10 anos?
Ela evoluiu 10 anos na última década, brincadeira. Para mim a principal virada na cultura pop esta em duas coisas: a quebra da estrutura de escassez e na ascensão da multidão como produtora de conteúdo. A estrutura de escassez mantinha você sempre  procurando por coisas difíceis de encontrar. Isso praticamente acabou. E as redes sociais criaram um novo tipo de conteúdo a ser consumido. Um que não é feito por profissionais, mas por nós.

2-) Como a mídia Podcast entrou na sua vida?
Há mais de dez anos eu e o Cris Dias fizemos um outro Podcast chamado RadarPop. Ele durou alguns anos e foi muito legal, referência para muita gente boa por ai. Eu ouço podcasts há mais ou menos esse tempo.

3-) Quais os tipos de conteúdo você consome na internet hoje?
É mais difícil perguntar o que eu não consumo na internet. Basicamente todo meu consumo de conteúdo é digital. As revistas e os livros que eu leio, inclusive.

4-) Como surgiu a ideia do Podcast Zing?
O Zing veio do meu desejo de fazer um podcast sobre cultura pop. O assunto que eu amo. Mas eu sabia que existia muitos bons podcasts sobre o assunto e não queria fazer o que os outros estavam fazendo. Achava que não faria sentido. Eu estava com muita vontade de voltar a fazer algo meu, pessoal. Porque no trabalho, eu cuido de muitas coisas amplas, estratégicas, e acabo não fazendo essas pequenas  coisas prazerosas, botar a mão na massa. Eu boto muito a mão na massa na hora de prototipar um projeto na empresa em que trabalho, mas depois isso segue em frente e eu passo a me envolver menos. Eu queria fazer um programa semanal, com uma voz masculina e uma feminina. Os primeiros seis episódios eu mesmo editei inteiramente e , depois, passei para um editor tocar. O mote principal era mostrar que a cultura pop reflete as discussões do nosso tempo integralmente. Ali estão materializados nosso medos e anseios. Muitas pessoas acham que não, que são só produtos vazios, mas isso não existe. Não poderiam estar mais erradas. Foi dai que saiu o mote conversas profundas sobre assuntos aparentemente banais.

5-) Por que você escolheu estudar Jornalismo?
Porque eu gosto de contar histórias e sempre fui fascinado por uma coisa do jornalismo: a ideia de que você pode ser a testemunha ocular da história, lema do Repórter Esso. Você vai lá, vê e conta tudo depois. Acho isso fascinante. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

Most Reading