Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Visitantes

Por quê a seleção brasileira perdeu o respeito?

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Ontem a seleção brasileira de futebol acabou vivendo uma das maiores vergonhas em sua história. Acabamos sendo eliminados pela "forte" seleção do Peru, aquele mesmo Peru que sempre fazíamos piada e nunca perdíamos. Aliás, a equipe peruana era sempre digna de chacota e de vitória garantida, mas infelizmente ontem fomos envergonhados. A seleção brasileira aos poucos vai perdendo o respeito e os adversários não temem mais enfrentar o time de camisa amarela. Eu me lembro quando criança que quando o Brasil ia jogar todo mundo parava para assistir, o coração batia mais forte e a torcida era grande, mas hoje em dia o sentimento é de frustração e não tenho mais tanta identificação pela seleção. Há alguns anos que o time não possui identidade, ainda mais depois daquele sonoro e inesquecível 7 a 1 contra a Alemanha. Agora eis um novo vexame, mas por quê? Quais os motivos que levam a seleção brasileira a estar tão mal assim?

1- O técnico Dunga

 
Em sua primeira passagem pela seleção o treinador ganhou tudo o que disputou, menos a Copa do mundo. Ele tinha o time na mão, era rigoroso e os jogadores respeitavam o seu trabalho. Desta vez a história é bem diferente, pois precisávamos de uma renovação depois daquele 7 a 1, e Dunga não era o cara certo para isso, como vemos através de seus últimos resultados. Dunga não possui comando, não entende muito de parte tática e o pior: arruma encrenca com jogadores e acaba assim por não chamar jogadores como Thiago Silva e Marcelo em suas convocações.
 
2- Falta de talento
 
 
Seleção brasileira sempre foi sinônima de craque, jogadores habilidosos que causavam medo e terror nos adversários. Tivemos o melhor de todos os tempos Pelé com Garrincha, a seleção campeã de 70, a magica de 82 liderada por Zico, a geração Romário, craques fora de série como Ronaldo, Rivaldo, Kaká e Ronaldinho. E hoje, o que temos? Temos jogadores esforçados que não possuem capacidade de serem destaques muitas vezes nem em seus próprios times, e outros que ao vestirem a camisa da seleção acabam pipocando. Hulk? Brincadeira né. Jogadores que jogam na China? Que time bom existe por la? Infelizmente estamos pobre de talentos em nossa seleção.
 
3- Falta de força psicológica
 
 
Quem não lembra da Copa de 2014? Aquela cena lamentável de Thiago silva em cima da bola desolado mostra abalo psicológico, e vimos isso nos jogadores durante a disputa de penaltes contra o Chile naquela ocasião. Na derrota para a Alemanha o time estava perdido, sem noção do que estava acontecendo. O tal apagão dito pelo Felipão, nada mais é do que um abalo na mente dos jogadores, que não possuem fibra para vestir a camisa amarela. Erram jogadas fáceis, somem em campo, não chamam a responsabilidade e por fim acabam chorando.
 
4- Não existe amor a camisa
 
 
Antigamente era um sonho para os jogadores vestirem a camisa amarela, eles possuíam paixão e prazer em disputar jogos com a seleção. Jogadores que brigavam com unhas e dentes para jogarem. Edmundo brigava até com treinador por uma vaga, Romário fazia coletiva para forçar uma convocação, Kaká jogou a Copa de 2010 mesmo machucado, assim como Denilson em 2002. Ronaldo fez todo esforço possível para jogar em 2002 também. E agora? Temos jogadores pedindo dispensa da seleção. Só nesta Copa América, cinco jogadores foram cortados, isso mostra que os jogadores não possuem mais amor a camisa amarela da seleção, se preocupam apenas com os rios de dinheiro que recebem em seus clubes.
 
5- A corrupção na CBF
 
 
Não podemos negar que a falta de comando na confederação brasileira afeta muito o desempenho do time. Mas por quê? Você se sentiria motivado a trabalhar em um local onde não possui ordem e tudo é uma bagunça? Pois é, os jogadores parecem também não respeitar a seleção por conta do presidente Marco Palo Del Nero, que é caçado pela justiça, não pode ir em alguns países e ainda por cima toma péssimas decisões na parte administrativa. Sério que a renovação viria a partir de Dunga e Gilmar Rinaldi? Ta de brincadeira né.
 
6- Um craque mimado que não sabe ser criticado
 
 
 
Neymar é o melhor jogador que temos hoje na seleção, o cara que pode fazer a diferença, só que ele é um cara mimado demais. Em um país onde pouco se ganha e valoriza profissionais como professores e médicos vemos o jogador esbanjando na cara de todos a sua vida de festas e diversão. Não é errado viver a vida, mas não acho que seja prudente jogar isso na cara de tantos brasileiros que lutam pelo pão de cada dia com tanto esforço. O pior de tudo é que ele não sabe ser criticado, pois a cada eliminação da seleção ele não consegue assumir que o time esta ruim e não esta jogando nada. Neymar é o símbolo de uma geração frustrada, mimada e que coleciona vergonha e frustração a cada competição. Sabe quantos títulos Neymar já ganhou pela seleção? Nenhum. Pois é, um craque badalado, com talento, mas sem conquistas pelo Brasil. O pior, mimado e não sabe receber criticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

Most Reading